Curiosidades

A importância das Cores e sua influência

Publicado em
158

Você sabe ou já pensou em como as cores podem influenciar o comportamento das pessoas?

A pesquisadora e UX designer da Universidade da Califórnia, Ashley Karr escreveu um artigo muito interessante sobre essa influência e como o uso adequado da cor pode melhorar a experiência do usuário de qualquer projeto.

Abaixo você confere alguns pontos importantes deste artigo:

Efeitos psicológicos da cor

A cor pode aumentar a memorização, recordação e reconhecimento. Em projetos interativos, a cor pode sugerir categorias e dão identidade aos pedaços de informação. Isso pode criar um design que é mais eficiente, mais claro e fácil de entender, fácil de aprender e fácil de navegar.

Os sites Globo.com e Folha de S. Paulo, por exemplo, utilizam essa separação de categoria por cores.

Efeitos fisiológicos da cor

As cores afetam nosso sistema nervoso. Estudos apontam, por exemplo, que vermelhos brilhantes estimulam o sistema nervoso simpático, o que resulta em alterações fisiológicas tais como um aumento do ritmo cardíaco. Em contrapartida, tons suaves de azul e verde criar o efeito fisiológico oposto e nos ajudar a relaxar.

Efeitos emocionais da cor

As próprias cores e os significados que atribuímos a elas afetam nossas emoções e humores. Por exemplo, a maioria das pessoas associam a cor amarela a sentir-se feliz e energizado. Em um nível individual, uma pessoa poderia associar a cor amarela aa cor de sua casa durante a infância, que invoca lembranças e sentimentos agradáveis.

Contexto cultural da cor

Vale lembrar que o significado, em geral, é culturalmente construído. Sensibilidade ao contexto cultural e significado da cor dentro do seu grupo de usuários é importante. Um exemplo: as cores do uniforme do Brasil e da Austrália, em partidas de futebol, são verde e amarelo, porém as cores representam coisas diferentes para cada país.


Restrições ao uso de cores

  • O uso excessivo de cor cria desordem e confusão. Encontre uma cor para o fundo, aquele que representa a sua marca ou mensagem, e duas complementares contrastantes que podem atuar como indicadores de links ativos, hovering, e links visitados.
  • O uso inadequado de cor, na pior das hipóteses, pode causar grande ofensa. Lembre-se de que cor carrega peso e significado, e este significado é sempre envolto em contextos culturais. Esteja ciente desses significados e use as cores, com respeito e propósito.
  • O daltonismo afeta cerca de 10% da população masculina. Tenha isso em mente quando você está escolhendo cores contrastantes. Se as cores que você escolher para servir a funções diferentes em seu projeto não sugerem um contraste bastante forte, uma parte considerável de seu grupo de usuários pode ser afetada negativamente por sua escolha.

O site We Are Colorblind tem como objetivo tornar a web um lugar mais agradável para pessoas que sofrem de daltonismo. Dentre outras coisas o site dá exemplos de interfaces boas e ruins para quem possui tal deficiência. Por exemplo, já pensou como aquele “color picker” do Twitter pode ser difícil de utilizar?

O artigo completo, em inglês, e com um guia rápido de cores e significados você pode ler aqui.

Leia também: